12/07/2016

O Ciclista Mascarado - Neil Peart | Resenha

Oiii amoores tudo bem?? Como esta a semana de vocês??
Eu sei, eu sei, estou sumida, mas agora nas ferias pretendo ser uma presença constante aqui!!
E partiu resenha de hoje: O Ciclista Mascarado - Uma aventura de bicicleta na África Ocidental.



Neil Peart
Belas Letras 

"Pedale com o roqueiro Neil Peart em uma extraordinária jornada de bicicleta por estradas de chão batido, encontros com milícias armadas e crises estomacais na África Ocidental dos anos 1990. Graças a esse meio de transporte – rápido para ir de uma cidade a outra em apenas uma manhã e lento o bastante para perceber a alegria das pessoas humildes pelo caminho – a longa jornada proporciona surpresas, choques culturais, momentos de fome, sede e conflitos internos. Este é o livro de estreia de Neil Peart, compositor do Rush, a lendária banda de rock canadense, publicado originalmente em 1996 e só agora traduzido no Brasil. O clássico indispensável para quem está disposto a viver, como o ciclista mascarado, uma emocionante e desafiadora aventura sobre duas rodas."


Eu terminei esse livro com uma vontade enorme de largar tudo aqui e poder ir andar de bicicleta pela África também.


Neil Peart é nosso exclusivo guia por uma viagem verdadeiramente única pelas estradas cheias de surpresas em Camarões, onde ele nos mostra um cenário totalmente atípico cheio de momentos marcantes, comidas exóticas, sorrisos e momentos de verdadeiro choque cultural e pequenos momentos de perigo. Mas tudo isso se torna uma biografia única.


"Mas essa é a parte boa do futuro: não apresenta qualquer falha até que se torne presente."



No ano de 1988, Neil resolveu fazer o tour por Camarões com o transporte mais rápido nas precárias estradas do pais e também a promessa de uma vagem diferente de tudo que ele já conhecia.

Então, eis que ele e mais um pequeno grupo de turistas iniciam uma jornada em suas bicicletas.
Foram semanas em cima de suas bicicletas, com uma viagem conturbada, cheia de desafios que envolviam coisas mais intensas que s eternas subidas e descidas nas estradas e as pousadas precárias ao quais eles ficavam hospedados. Na época, Camarões enfrentava mudanças políticas severas e isso ficava claro em diversos momentos a hostilidade que Neil enfrentou em alguns momentos e até mesmo, os problemas do grupo em encontrar água para prosseguirem viagem, algumas passagens deixam bem claro o desgaste não só físico como também o desgaste emocional de estar tão longe de casa e tão longe de tudo que se esta acostumado.


"De certa forma, eu tinha a dolorosa consciência de estar deitado num chão sujo; por outro lado, percebi que estava deitado em um chão sujo na África. Ao pensar nisso, fiquei animado, aguardando ansiosamente um mês inteiro de aventuras pela frente. Mas no fundo eu sabia que um mês pode ser um longo tempo." 



Uma das coisas que eu gostei bastante nesse livro, é que não temos uma viagem fantasiosa, temos uma aula sobre história africana, temos também uma seleção de fotos e cartazes que fazem parte daquela coleção de qualquer turista, histórias de vida de pessoas simples e pequenos momentos de felicidade verdadeira.

Sem duvida uma leitura marcante e verdadeiramente diferente do que estamos acostumados.


Espero que tenham gostado lindoos <33
Até breve!










Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates