20/11/2016

O Papai é Pop Vol. 2 - Marcos Piangers | Resenha

Marcos Piangers
Editora Belas-Letras

O papai é pop está de volta! Marcos Piangers vai colocar você no banco de trás do carro, ao lado das filhas Anita e Aurora, para contar novas histórias - algumas comoventes, algumas divertidas e outras talvez um pouco nojentas - sobre essa coisa absolutamente comum e extraordinária que é ser pai.Um sentimento que não se pode explicar, não se pode entender. Só se pode viver. Porque você não vai ter um filho para obter vantagens, descontos, deduções do imposto de renda ou balões de graça sempre que for ao shopping. Um filho vai esgotar suas economias e minguar suas noites de sono. Vai sujar suas camisas novas e desenhar em suas paredes.Você vai ter um filho, na verdade, por um único motivo: para aprender a amar outra pessoa mais do que a você mesmo.


Falando de livros amorzinho, este é um daqueles que apesar dos momentos incrivelmente descontraídos, crônicas incrivelmente divertidas sobre a paternidade e seus momentos mágicos e também incrivelmente surreais, temos aqui um pai, sendo um pai e colocando de maneira simples e muito bem escrita, como é ser um pai.

Eu não conhecia a escrita do Marcos e não conhecia esta série, mas admito que agora já me tornei uma fã dele e de suas filhas que causam todo tipo de situação incrível, desde fazer ele chegar atrasado no trabalho para ficar passando de carro em cima de um quebra-molas porque elas acharam divertido, quando ele passa por pequenas saias justas junto de outros pais quando sua filha questiona sobre como é ser filho de outra pessoa, a vida escolar delas e como ele lida com isso também, tudo isso claro com muito bom humor, momentos de profundo desespero e claro alguns momentos de lagrimas porque nem tudo é fácil.

"Há alguns anos, a Anita começou a usar meu computador. Fui checar o histórico de pesquisas no Google e uma das coisas que ela tinha pesquisado era: "mundo melhor". Ela estava procurando por um mundo melhor. Eu também estou, filha. Imagino que é quando estamos juntos."

Assim como A Mamãe é Rock, temos aqui um espelho sem meias verdades sobre o que é paternidade e apesar de seus desafios, ele encara tudo deixando sempre a vista o amor que ele sente por sua família o que torna a leitura leve e ótima para qualquer momento.
As crônicas são de leitura rápida e as páginas cheias de ilustrações e tem aquele ar de caderno que alguém pegou e desenhou.
Uma leitura para qualquer momento.


Bjos amoores <33











Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates